domingo, 16 de novembro de 2008

A blogosfera morreu, e a culpa é do Google!

A blogosfera está a morrer. Esta é uma tese defendida por muitos. E eu partilho essa opinião. Aquela fúria, aquele fogo que corria e varria os textos de lés a lés por todos esses blogs desapareceu. O que aconteceu? Numa palavras simples: Adsense!

E no início, reinavam as ideias...

Quem, como eu, conheceu a blogosfera de há 5 ou 6 anos sabe que ter um blog não era simples. Os bloggers esforçavam-se, pensavam e trabalhavam afincadamente em cada conteúdo que criavam. Era a transição da palavra escrita no papel para a palavra digital. Experimentava-se a liberdade de expressão em toda a sua extensão. Havia o pipi, e outros que se mantiveram mais ou menos no anonimato. Falava-se, dizia-se e até ofendia-se. Mas era assim. Simples e directo. As ideias acima de tudo. O conteúdo, por excelência líder pelo seu valor.

E depois, veio o Google...

Com a massificação dos blogs, principalmente pelo blogger.com, uma outra era se iniciou. A guerra era outra. A necessidade de produzir. Mais e mais. Ter "coisas" frescas sempre. Para que os leitores, ávidos de informação voltassem uma e outra vez. Por vezes 4 ou 5 vezes por dia. Tinhamos de produzir para as pessoas virem. Mais que isso, o grande search engine, Google, premiava a quantidade de informação. Os mais actualizados eram mais visitados pelo indexador chamado Google Bot. E mais blogs surgiram. E com isso chegou o plágio. A copia integral de conteúdos. Pessoas que estudavam as variações na tabela e o comportamento do Google Bot, criando técnicas para o "enganar". Era a época do Black Hat.

E depois, ganhava-se dinheiro...

A publicidade em blogs e diversas páginas fazia-se de forma directa. Eu, como anunciante, contactava o "dono" de um site e propunha "alugar" um espaço a troco de alguns euros ou dólares. Depois o Google apresentou o Adsense. E tornou-se o maior mediador de publicidade do mundo virtual. O "dono" do conteúdo não precisava de procurar quem estivesse interessado no seu site. Nem sequer precisava de ter muito conteúdo. Simplesmente criava-se um site, adicionava-se o código do Adsense e pronto. Iamos adicionando artigos, uns nossos mas a grande maioria copiados daqui ou dali (ou "reciclados"), e os anúncios apareciam como por magia.

E as técnicas de Black Hat tornavam-se cada vez mais agressivas à medida que o algoritmo do Google Bot tornava-se mais inteligente. E à medida que ia penalizando as técnicas de Black Hat, novas ia surgindo. E a Internet ficou saturada de tanta conteúdo reciclado, roubado, inútil ou simplesmente... parvo. A corrente do "ganhe dinheiro depressa" invadiu os espaços e por todo o lado surgem novos sacerdotes da fortuna da Internet. Inutilidades.

E agora, temos o vazio...

Agora, a blogosfera está vazia de mentalidade. Não há opiniões. Está canibalizada por barões do conteúdo reciclado que nada fazem para inverter a situação. Chegou a altura de esperarmos pela nova corrente. Pelo novo canal de informação. Será o Microblogging o futuro? Estas perguntas ainda demorarão algum tempo a ter resposta. Para já, a certeza fica: A Blogosfera está morta e a culpa é do Google!

5 comentários:

Gustavo Freitas disse...

Pela maneira como o texto foi conduzido e pela despreocupação em falar negativamente do Google o seu artigo mostra que a blogosfera depende e muito de bons textos escritos, assim como o seu.
A blogosfera está morta? então vamos criar algo ainda melhor, depende somente de nós, blogueiros e formadores de opinião que somos.
um abraço.

Zen disse...

Obrigado pelo elogio Gustavo.

Acima de tudo acho que é necessário cair a barreira da vergonha. Os bloggers têm de perder o medo de provocar. Provocar é o sal da vida. E quem emite uma opinião tem de estar preparado para ouvir uma outra discordante.

Anônimo disse...

A culpa... a culpa é da ganância!!!

Tárcio Zemel disse...

Discordo, colega...

O AdSense não "chegou" e obrigou todos a o utilizarem; ninguém e/ou nenhum órgão ou lei obrigou as pessoas a utilizarem AdSense. Quem fez isso foram as próprias pessoas, os próprios blogueiros decidiram! Cada um responsável por si e não podendo delegar a culpa a ninguém!

Não que tentar receber $ seja algo errado, pelo contrário! Mas, a maneira como foi feito...

É aquela velha história: "Todos querem mudar o mundo, mas ninguém quer mudar a si mesmo".

Excelente artigo! Abraços!

Zen disse...

É obvio que ninguém obriga a usar este ou aquele sistema da mesma forma que ninguém obriga uma pessoa a ir a um hipermercado em vez de ir ao mercado abastecedor.

Obviamente.

Mas está ali. É fácil e é directo. Não dá trabalho. É a chamada papinha feita. Chamemos-lhe marketing se preferir. Chamemos aliciar fortemente. Chamemos induzir sbliminarmente à sua utilização. Mas que foi graças ao Google Adsense que o mercado foi abaixo, foi.